segunda-feira, 24 de setembro de 2018

"Eu sei o que você pensa quando olha pra mim.


(...) Talvez se eu fosse mais comportada, falasse mais baixo e não chamasse tanta atenção. Talvez se eu bebesse um pouco menos, te desse menos trabalho e não fosse tão do agora. Talvez se eu não tivesse chegado tão perto, nem te tocado tão fundo, nem sido tão eu. Talvez haveria alguma possibilidade..."

sábado, 22 de setembro de 2018

"Olha, não sei qual dói mais:


(...) quando acaba, quando sentimos que acabou, ou quando a gente precisa cair na real que acabou e já faz tempo."

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

"Todos nós temos heróis.


(...) Pessoas para as quais olhamos. Pessoas que nos inspiram, que nos ensinam a ser melhores do que somos, porque eles são melhores que nós. Pessoas que são ótimas se não olharmos de tão perto, porque se nos aproximarmos veremos que heróis são pessoas normais. E pessoas normais podem falhar. Nossos heróis não são especiais. Eles são apenas pessoas. Eles são como nós. Eles estão apenas tentando sobreviver. Eles estão tentando ser felizes. Tentando fazer o melhor. Ser melhor. Sentir-se melhor. Heróis não são mais especiais ou mais corajosos do que o resto de nós. Apesar de tudo, são apenas humanos. Eles machucam. Eles se decepcionam. Eles sangram. Porém, ás vezes, uma vez ou outra, quando é importante, eles fazem a coisa certa. Isso muda tudo. Um herói é apenas um ser humano e esse é o ponto. Se eles podem fazer isso, você também pode. Então, siga em frente. Não desista. Levante-se. Lute. Você sempre pode salvar o dia."

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Next to Me


"Mais tarde eu saberia


(...) que certas experiências se partilham – até mesmo sem palavras – só com gente da mesma raça. O que não significa nem cor nem formato de olho nem tipo de cabelo, mas o indefinível parentesco da alma."

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

"Bastaria as pessoas serem mais sinceras,


(...) honestas e humildes, que veríamos comportamentos maravilhosamente diversificados, personalidades espontaneamente interessantes, equívocos rapidamente resolvidos, decisões amplamente mais libertas, preconceitos instantaneamente eliminados e atitudes surpreendentemente menos egoístas."

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

"Sou daquelas pessoas difíceis, sabe?


(...) Que nega um abraço, precisando de um. Que diz estar bem, se sentindo péssimo. Que quer ficar sozinho, precisando muito de uma companhia..."

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

"Escrevo isso e choro.


(...) Porque quero tanto e não quero tanto. Porque se acabar morro. Porque se não acabar morro. Porque sempre levo um susto quando te vejo e me pergunto como é que fiquei todos esses anos sem te ver. Porque você me entedia e dai eu desvio o rosto um segundo e já não aguento de saudade. E descubro que não é tédio mas sim cansaço porque amar é uma maratona no sol e sem água. E ainda assim, é a única sombra e água fresca que existe. Mas e se no primeiro passo eu me quebrar inteira? E se eu forçar e acabar pra sempre sem conseguir andar de novo? Eu tenho medo que você seja um caminhão de luz que me esmague e me cegue na frente de todo mundo. Eu tenho medo de ser um saquinho frágil de bolinhas de gude e de você me abrir. E minhas bolhinhas correrem cada uma para um canto do mundo. E entrarem pelas valetas do universo. E eu nunca mais conseguir me juntar do jeito que sou agora. Eu tenho medo de você abrir o espartilho superficial que aperto todos os dias para me manter ereta, firme e irônica. Minha angústia particular que me faz parecer segura. Eu tenho medo de você melhorar minha vida de um jeito que eu nunca mais possa me ajeitar, confortável, em minhas reclamações. Eu tenho medo da minha cabeça rolar, dos meus braços se desprenderem, do meu estômago sair pelos olhos. Eu tenho medo de deixar de ser filha, de deixar de ser amiga, de deixar de ser menina, de deixar de ser estranha, de deixar de ser sozinha, de deixar de ser triste, de deixar de ser cínica. Eu tenho muito medo de deixar de ser."

terça-feira, 4 de setembro de 2018

sábado, 1 de setembro de 2018

"Sou as minhas atitudes, os meus sentimentos, as minhas ideias.


(…) O que realmente faz valer a pena estar vivo, não há filmadora ou máquina fotográfica que registre. (…) Surpresas, gargalhadas, lágrimas, enfim, o que eu sinto, quem eu sou, você só vai perceber quando olhar nos meus olhos, ou melhor, além deles…"

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Das escolhas.


"Quando fazemos uma escolha, qualquer escolha, estamos dizendo sim para um lado e dizendo não para o outro. Então, algum sofrimento sempre vai haver."

domingo, 26 de agosto de 2018

"Já quis ser muitas coisas,


(...) hoje quero apenas ser quem eu sou e ainda assim me divertir. A vida é muito curta pra ficar de cara amarrada e arrumar problema em cada esquina. Quero mais é ser leve. E livre."

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

"É que eu sou assim mesmo,


(...) essa confusão de sentimentos, com um humor que oscila sem qualquer aviso prévio. Vim ao mundo assim mesmo, sem manual, sem qualquer instrução de funcionamento, toda errada, desenfreada e totalmente do avesso."