quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Romeu e Julieta


"Talvez “Romeu e Julieta” não seja o romance mais indicado pra quem ainda deseja viver um grande amor. O fato é que tragédias nem sempre são bons incentivos pra quem está preste a testar. Isto é, se você estivesse preste à saltar de pára-quedas, prestes à realizar um sonho, mesmo que com um pouco de receio, mas decidida. E então você ouve a história de alguém, que era jovem e sagaz como você, que sonhava como você, e que sofreu um acidente saltando e que esse acidente o deixou tetraplégico. Talvez você não pularia com tanto segurança, talvez você abriria mão do seu sonho. Mas o que se deve analisar é que milhares de pessoas pulam de pára-quedas no mundo, e que uma porcentagem pequena delas sofrem acidentes. E é isso que me faz pensar se vale levar em conta o um de um milhão que não deu certo ou os outros 999.999 que tentaram e conseguiram.O medo as vezes nos levam pra longe do que queremos. Seria muito mais cômodo se Romeu não tivesse conhecido Julieta. Mas se nada disso tivesse acontecido, ninguém, nem Romeu nem Julieta, teriam protagonizado o maior e mais lido romance da história. Se facilitássemos tudo, eles não teriam sentido o desejo pulsar nas veias, o coração disparar, as pernas tremerem, a saudade inquietar no peito, e o amor incontrolável que sentiram. Vale a pena? Vale a pena sofrer pra sentir tudo isso? E é analisando tudo isso que eu, particularmente, acredito que vale. Porque, numa visão geral dos fatos, se não valesse a pena não faria sentido pra ninguém morrer de amor. Se não fosse o sentimento mais gratificante do universo, ninguém abriria mão da própria vida por ele. O amor, como dizem, pode até ser suicídio. Mas é algo que mata e reconstrói ao mesmo tempo, é algo que desnutri e alimenta, que incendeia e salva, que te liberta e te vicia. Ter medo de amar é tão tolo. Você pode ter medo do escuro, pode ter medo da morte ou até mesmo de alguém, mas é vergonhoso e absolutamente estúpido ter medo do amor. Você não escolhe alguém pra amar, ela simplesmente aparece, e aí não cabe a você escolher onde e nem quando. Ela pode estar há quilômetros de distancia, ou ela pode estar do seu lado. Ela pode ser tudo o que você sonhou, ou alguém completamente diferente do que você deseja. É sorte, ou falta de sorte, é coragem! Mas se você ama alguém, de duas uma: ou você foge, ou você vive!"

Um comentário:

  1. Mas como vc mora mal !!! sc heh !!! q sonho.
    beijos..

    ResponderExcluir