quarta-feira, 30 de novembro de 2011

“Eu te peço: Não volta agora.


(...) Não agora que eu tô quase conseguindo. Não agora que eu tô quase curado. Não agora que eu tô esquecendo. Não volta agora. Nem agora, nem nunca mais. Não te quero mais na minha vida. Nem por Destino ou por vontade de Deus. Não volta agora. Não vou suportar outra vez a mesma história.”

Um comentário:

  1. Nossa isso tem tudo a ver com que tou passando. esse texto e otimo

    ResponderExcluir